Bem-vind@s ao meu blog!

Eu me chamo Luana Ramos Vieira, tenho 25 anos e finalizei a graduação em Direito pela Universidade Luterana do Brasil – ULBRA em 2016-2.

Nesta página, irei disponibilizar o meu Trabalho de Conclusão de Curso, que foi apresentado junto ao campus Gravataí da ULBRA, como requisito para obtenção do grau de bacharela em Direito.

A grande área de estudos que se concentra na discussão sobre o Direito Penal foi, desde o primeiro ano de faculdade, a minha área favorita de pesquisa e atuação. A Criminologia surgiu como um interesse rapidamente, de modo que eu sentia a necessidade de interligar esses temas à alguma porção da realidade. Por oportuno, escolhi a minha realidade. Sou mulher, mas não nasci mulher – eu me tornei mulher, e “nenhum destino biológico, psíquico, econômico define a forma que a fêmea humana assume no seio da sociedade; é o conjunto da civilização que elabora esse produto intermediário entre o macho e o castrado, que qualificam de feminino” (BEAUVOIR, Simone). Estava estabelecido, portanto, o recorte para o meu tema de pesquisa.

Decidi criar este pequeno blog com o intuito de dividir informações sobre o tema tratado em meu TCC, onde falo sobre Feminismo, Violência de Gênero e Justiça Restaurativa.

Na aba Blog, você encontra postagens com imagens e textos sobre o tema discutido em minha monografia. Em Sobre, falo um pouquinho a respeito da origem da ideia de criar essa página. Na aba Downloads, você terá acesso ao material que eu utilizei para a confecção do meu TCC e, também, ao texto integral da monografia, orgulhosamente publicado pela Editora Fi em março de 2017.

Dúvidas e outros comentários podem ser encaminhados diretamente para mim, basta clicar aqui, que você será direcionado para a página de contato.

Reforço que esta página não possui fins lucrativos. O único objetivo é compartilhar informações, materiais e ideias. O conhecimento é feito por todos!

Sinta-se à vontade para pesquisar e aprender com todo o material disponibilizado e, também, para compartilhar suas experiências. Boa leitura!

Anúncios